Corinthians quer voltar logo para poder apagar desempenho 'horrível'


Um mês e meio após o último jogo do Corinthians antes da paralisação das competições por conta da pandemia de coronavírus, o desempenho ruim do time naqueles primeiros meses do ano ainda não foi digerido pelos torcedores. Por isso, se redimir e melhorar essa imagem são fatores que motivam o elenco a querer voltar para as atividades quando houver a permissão para isso.

Em quase dois meses de 2020, o Timão disputou 12 jogos oficiais, venceu apenas três, empatou cinco e perdeu quatro, resultando em modestos 38,89% de aproveitamento, o que dá o time de Tiago Nunes o status de pior entre os clubes de Série A nesse quesito. Além disso é a equipe com menos triunfo no mesmo universo de comparação, que tem o Flamengo com 13 vitórias.

- A gente passou por um mau momento nos últimos sete jogos, o time teve uma queda, não conseguiu resultados, ficou difícil, mas a gente está com o sentimento de querer voltar logo, melhorar logo essa fase. A gente vai ter uma pré-temporada para trabalhar bem, para saber o que a gente estava errando, melhorar e fazer uma grande temporada quando isso tudo acabar - disse Camacho, em entrevista à Rádio Transamérica, na última terça-feira.

Os maus resultados não ficam apenas no âmbito nacional, mas também no estadual, em que o clube costuma ser grande favorito e tem investimento maior do que a grande maioria dos rivais na competição. No entanto, isso não teve muita influência, já que na classificação geral do Paulistão, o Corinthians está apenas na 10ª posição, com 36,7% de aproveitamento. Entre os clubes de Série A, só o Vasco (33,33%) tem retrospecto pior em torneio estadual.

No entanto, o maior problema é o fato de classificação para as quartas de final da competição ter ficado muito complicada. Com cinco ponto atrás do Guarani, o Corinthians precisa vencer os dois jogos restantes da primeira fase (um deles contra o Palmeiras) e torcer para o Bugre perder as duas partidas, para não precisar fazer contas no saldo de gols. A eliminação, iminente, seria a segunda em 2020, após cair para o Guaraní-PAR em fase preliminar da Libertadores.

- acho que ficou difícil demais para a gente, esse aproveitamento é horrível, na Libertadores, naquele jogo que a gente saiu, a gente jogou bem e não conseguiu classificar, o time deu uma queda. Extracampo não tem nada, o time está treinando para caramba, todo mundo se cobrando demais, mas as coisas não estavam acontecendo e os resultados não estavam chegando - afirmou Camacho antes de completar o raciocínio:

- O time começou bem o ano, acho que encaixou bem nas ideias que o Tiago estava querendo mostrar, a pré-temporada foi boa e depois desandou. São coisas que acontecem no futebol, acho que com essa parada a gente tem que botar a cabeça no lugar, ver o que está errando, o Tiago com certeza sabe o que o time estava errando, e vai trabalhar para esta pré-temporada ser muito proveitosa para a gente voltar muito melhor do que a gente parou - concluiu.

O elenco do Corinthians está em período de férias, que se encerra nesta quinta-feira. Já nesta sexta-feira, os jogadores voltam a trabalhar, porém muito provavelmente a partir de suas casas, respeitando as recomendações do isolamento doméstico no estado de São Paulo, que tem término previsto para o dia 11 de maio. Enquanto isso, não há previsão para o retorno das atividades em grupo no CT Joaquim Grava, nem mesmo das competições futebolísticas.

Fonte: Alexandre Guariglia

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *